Dia do Índio e Dia do Livro

Em nosso Programa do dia 20/04/2021 conversamos com três pessoas muito especiais :
*O Escritor e Contador de Histórias, morador do Gama – João Vieira.
* A adolescente , apaixonada pelo mundo da leitura- Joana Dias.
*Presidente da ATINI – Voz Pela Vida, Assistente Social e Pós graduado em Antropologia- Reginaldo Veloso.
Na 1a. hora ,o escritor e contador de histórias nos falou um pouco sobre sua história e trajetória, bem como sobre o processo realizado para escrever seus dois livros:
• A Festa na Savana
• No lugar do outro
Os livros abordam temas como: diferenças ,diversidade , valorização do outro e etc.
João Vieira nos contou a história: A Festa na Savana e comentou sobre a inspiração para escrevê – la.
Ele também relatou como se dá o incentivo e reconhecimento do seu trabalho, como escritor e contador de história.
Comentamos que a arte de escrever e o hábito da leitura devem ser cada vez mais valorizados ,pois é por meio da leitura e escrita que podemos viajar ,entrar no mundo da imaginação, sonhar, aprender coisas novas ,desenvolver o senso crítico e muitas outras aquisições são favorecidas por meio dessas práticas.Nesse momento perguntamos ao João Vieira se é feliz com o que faz e , prontamente, o mesmo respondeu que sim!Que se sente realizado ao escrever.
Durante a conversa com a menina Joana Dias, tivemos o privilégio de ouvi – la falar o quanto gosta de ler e o quanto a leitura a enriquece nos mais diversos aspectos!
Joana disse gostar de ler e que não tem um gênero ,autor ou livro preferido e que enquanto lê um livro, aquele se torna seu livro favorito!
Joana comparou o Brasil com outros países, alertando sobre o aumento das taxas aqui ,o que dificulta a compra de livros e o favorecimento à pirataria.A mesma disse que os responsáveis precisam investir nesse aspecto com o objetivo de motivar a leitura, bem como contemplar as classes menos favorecidas.
Algo muito interessante é que por ser tão nova, com apenas 15 anos , Joana motiva as crianças , jovens e adultos para que leiam muito e melhore nas mais diversas áreas do conhecimento.
Após nossa conversa tão produtiva, o escritor João Dias nos concedeu a oportunidade de ouvirmos a recitação da poesia de sua autoria, que ganhou em 1° lugar no Concurso de poesia do SBT CULTURA cujo título é BRASÍLIA CIDADE MENINA, contemplando pontos turísticos, hábitos dos brasilienses, arquitetura e aspectos culturais de Brasília.
Foi um momento muito rico com a participação dos dois convidados .
Na 2a. hora o bate – papo foi com o Reginaldo Veloso, presidente da ATINI ,ONG que cuida dos interesses indígenas .Ela fica localizada na Área Rural do Gama e tem como objetivos e missão: erradicar o infanticídio nas Comunidades Indígenas e promover conscientização referente a esses aspectos, providenciar apoio assistencial da criança em situação de risco e favorecer a Educação.
O trabalho realizado tem valores, como:
*Priorização da criança e defesa do seu direito inalienável à vida.
*Respeito e valorização da cultura e das práticas tradicionais indígenas ,desde que em conformidade com os Direitos Humanos.
*Respeito e valorização da dignidade do indivíduo, sem discriminação de natureza alguma , dentre outros!
Como antropólogo, Reginaldo Veloso, nos falou sobre a Importância do índio na formação do povo brasileiro e heranças da cultura indígena para a população em geral.
Algo bem interessante que nos falou também foi a forma de viver do povo indígena, cujo o bem comum é primordial, pois não vivem em competição em relação à classe social, à alimentação, posses e etc, pois TUDO é de TODOS, com igualdade de direitos!
O momento foi de aprendizado para nós e nossos ouvintes.
Parabenizamos o trabalho realizado pela equipe que trabalha na ONG, cujo presidente e nosso convidado, Reginaldo Veloso, representou muito bem.
Enfim, tivemos um programa bem produtivo e conseguimos contemplar as datas importantes da semana :
• 18 de abril – Dia Nacional do Livro Infantil.
• 19 de abril – Dia do Índio
• 21 de abril – Dia do Aniversário de Brasília
Deixamos com vocês a poesia do João Vieira:

Poesia

“Brasília Cidade Menina”

EU sou de Brasília, essa cidade fenomenal.

O sonho de Dom Bosco. No planalto central.

Cinquenta anos em cinco, era o lema de JK.

Gente de Norte ao sul, chegando pra trabalhar.

Vários planos pilotos, foram bem analisados,

Mas o de Lúcio costa, que foi contemplado.

Asa norte, asa sul. Isso é um avião?

É Brasília, cidade menina, que abraçou uma nação.

Com tesourinhas e agulhas. Calma Você vai entender.

Eu não sou costureiro. Quem é daqui sabe, o que eu quero dizer.

Da praça dos três poderes, pela esplanada subindo.

Eu vejo a catedral, com seus vitrais refletindo.

Se falo na igrejinha, penso logo em dona Sarah.

Foi uma promessa cumprida, por uma cura alcançada.

A cura foi alcançada, Niemayer projetou.

A arte dos azulejos, Athos Bulcão desenhou.

Quando chego na rodô, um pastel eu vou pedir,

Com caldo de cana gelado, para satélite seguir.

Autor: João Vieira.

Por: Eliane Andrade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Peça sua Música!