Dia do Professor

O dia dos dias, o dia dos mestres, o dia dos formadores de todas as profissões.

Mas você sabe quem criou o Dia dos Professores?

Uma mulher negra, parlamentar, seu nome Antonieta de Barros.

Antonieta de Barros foi eleita em 1934 deputada estadual por Santa Catarina, algumas décadas depois da abolição da escravatura. Além disso, carregava a bandeira de que as mulheres deveriam ter o direito ao voto. 

Aos 17 anos, fundou um curso particular que levava o seu nome e tinha por missão combater o analfabetismo de alunos adultos carentes.

Seu lema era que a educação seria a única arma capaz de libertar os desfavorecidos da servidão.

Em 15 de outubro de 1827 foi sancionada por dom Pedro I a primeira grande lei educacional do Brasil. Mas foi um projeto de Antonieta elaborado em 1948 que ergueu o dia 15 de outubro como sendo o Dia do Professor e que constasse como feriado no calendário escolar. Essa data somente foi oficializada no país inteiro após 20 anos.  

Fonte: El País
Por: Thais Latifa
Programa Mundo Árabe, todas as terças as 20h.

EDITORIAL:

É consenso que o professor deve ser valorizado, mas sempre me pergunto quem é responsável por essa não valorização. Os políticos? Os proprietários de escolas? A sociedade? Os próprios professores?

Em certa medida todos nós temos uma parcela de culpa. Os políticos por não mostrarem nenhuma vontade de melhorar a carreira dos professores e consequentemente alavancar a qualidade do ensino no Brasil. A sociedade por não ter, em sua esmagadora maioria, nenhum apreço por uma educação de qualidade, os proprietários de escolas, obviamente estou generalizando, por optarem pelo “mais barato” do que pelo melhor preparado e os próprios professores por não conseguirem mostrar sua importância para sociedade.

Por: Equipe Atitude no Ar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Peça sua Música!