Futebol de Brasília – PARTE II

Futebol de Brasília – PARTE II

O que acontece com o futebol de Brasília? 

Hoje a realidade é outra, pois vivemos às margens de um futebol que raramente consegue superar a primeira fase de mata-mata de uma série D do Campeonato Brasileiro. 

O que de fato aconteceu com as gestões dos clubes de Brasília? Será que em virtude dos próprios erros ou em decorrência dos imbróglios ocorridos diante da CBF, principalmente aquele entre Gama x CBF em 2000, ou será que paramos no tempo?  É muito provável que os clubes não tenham buscado  conhecimentos necessários  para gerir corretamente o futebol em Brasília. É impensável acreditar que estamos na Capital Federal e não ter nenhum clube representando o futebol de Brasília na Série A.

De 2005 pra cá, só tivemos fracassos, porque os clubes se tornaram reféns de gestões incompatíveis com a grandeza dos times de Brasília? 

Ao longo desses últimos 16 anos, tivemos várias gestões ruins que culminaram de forma melancólica  para a história do futebol de Brasília e causaram grandes prejuízos.

Podemos citar o Guará, que tinha o tradicional estádio do CAVE e foi um dos maiores clubes de Brasília, campeão candango em 1996, e que simplesmente desapareceu em virtude de uma dívida estimada em 4,5 milhões de reais. Quem foram os responsáveis? 

O que aconteceu com o Brasília, que vive na penúria entre a 1ª e 2ª divisão do campeonato candango. Enfim, será que o gigante colorado da década de 80, e o Guará ressurgiram um dia?  

Leia a Parte I: http://98fmgama.com.br/futebol-de-brasilia/

Continua!

Por. Marcos Prefeito 
Comentarista Esportivo

admradio

admradio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Peça sua Música!